quarta-feira, 21 de março de 2012

Apontamento de antena no Hispasat 30w

Para apontar a parabólica no satélite Hispasat você precisa ter instrumentos simples (uma bulsola e um transferidor imprimido em papel) e alguns parâmetros que podem ser obtidos no mapa abaixo:


Azimute: É o valor que indica o giro em graus no sentido horário. É obtido no mapa acima arrastando o ícone verde até o local da instalação. Para saber o ponto de partida é necessário encontrar o sentido norte exato com uma búlsola. Depois basta fixar o transferidor no centro do tubo de fixação da antena, colocando zero graus no sentido norte e fazer a rotação da antena até o valor indicado no mapa. Na figura abaixo vemos um exemplo com valor encontrado de 45 graus de azimute.



Elevação: É a inclinação do eixo imaginário central da antena para cima em relação a um plano horizontal. Para obter este número arraste o ícone verde no mapa até o local exato da instalação, utilizando a função zoom. O valor aparecerá abaixo do mapa. No exemplo abaixo vemos a inclinação com valor de elevação de 55 graus.
Normalmente as antenas possuem uma escala em graus situada na base de fixação da parabólica, que serve para efetuar a elevação. Se não houver esta escala, a inclinação poderá ser efetuada com a ajuda de um transferidor, conforme figuras abaixo.


Trasnferidor para imprimir
Neste caso, a inclinação obtida no mapa é determinada através do ângulo formado  pela linha no pêndulo, presa no centro do transferidor.  À medida em que a antena vai sendo inclinada, o ângulo vai aumentando.




Inclinação LNBF: É o giro para a direita ou para a esquerda do LNBF, tendo como partida a saída rca do LNBF colocada na vertical, cujo valor é obtido abaixo do mapa, da mesma forma que os parâmetros acima. Se o valor for negativo, significa que o lnbf deve girar para a esquerda e vice versa. A cada 30 graus equivale a uma hora num relógio imaginário situado na antena. No exemplo abaixo temos um LNBF com inclinação -30º, que corresponde a posição sete horas.